AVA BPO Financeiro - Terceirização financeira

Conheça 10 KPIs cruciais para o sucesso do seu negócio

Os KPIs possibilitam ao gestor mensurar como está o desempenho do negócio. São indicadores que servem como pilares para a criação de estratégia da empresa e o seu acompanhamento constante permite uma tomada de decisão precisa para corrigir uma ação ou implantar novas melhorias. 

Mas quais KPIs o gestor deve ficar atento e como mensurá-los?

Neste post vamos te explicar o que é KPI, as principais diferenças entre KPIs e métricas e exemplos dos principais indicadores que podem ser utilizados para mensurar a evolução do seu negócio.

O que é KPI?

O que são KPIs

KPIs (Key Performance Indicator) significa indicador chave de performance e é utilizado para avaliar a eficácia das ações de uma empresa. São estes indicadores que apoiam a sua estratégia e ajudam a sua equipe a se concentrar no que é importante.

Para escolher um KPI é preciso levar em conta a importância para o negócio, a disponibilidade de ser mensurado e se estes dados podem auxiliar

Para que servem os KPIs?

Utilizado por empresas de diversos segmentos e tamanhos, os KPIs possibilitam aos gestores mensurar metas de vários setores da empresa, equipe, pessoas, com o intuito de apontar um panorama geral da evolução do negócio.

Os KPIs apontam os resultados reais de todos os investimentos da empresa, seja na otimização de um processo ou gestão de pessoas. Assim o gestor pode averiguar que ações práticas são necessárias para aprimorar um resultado e implantar melhorias.

Qual a diferença entre KPI e métrica?

Embora sejam facilmente confundidos, vale lembrar que o KPI não é uma métrica.

Métrica é apenas algo a ser medido e não necessariamente é fundamental para a tomada de decisão de um gestor. As métricas medem o sucesso das atividades diárias de negócios que dão suporte aos seus KPIs. 

Os KPIs, como vimos acima, são mais estratégicos e visam mensurar a evolução de um objetivo traçado pela empresa.

Principais KPIs para sua empresa

A importância de KPIs

Há vários KPIs que podem ser mensurados pela empresa. Abaixo, listamos alguns exemplos, mas lembre-se que dependendo do negócio, pode haver outros KPIs que devem ser considerados.

Lucratividade

Este KPI tem como finalidade indicar o lucro da empresa. Também possibilita ao empreendedor compreender qual é o risco do seu negócio, afinal, se o faturamento precisa ser alto para obter uma lucratividade, pode ser um indicativo de que o gestor deve rever seus custos.

Para calcular este indicador basta usar a seguinte fórmula: 

Lucratividade = (lucro líquido / receita bruta) x 100

Rentabilidade

Muitas vezes confundido com a lucratividade, a rentabilidade tem como objetivo avaliar  quanto os investimentos renderam para a empresa. Leva em conta o lucro líquido em relação ao investimento feito. Pode ser mensurado pela seguinte fórmula.

Rentabilidade = (Lucro líquido / Investimento) x 100

Faturamento

O faturamento reflete a quantidade de vendas da empresa e o quanto este montante representa em dinheiro. É um dos indicadores mais importantes de uma gestão financeira e pode indicar ao gestor se são necessárias mais ações para aumentar a venda do seu produto ou serviço no mercado. 

Para calculá-lo basta somar as receitas

Recebimento

Este KPI indica quanto tempo uma empresa leva para receber o valor referente aos produtos vendidos. 

PMR = (prazo para pagamento x valor do produto) / valor do produto

Custos

É a partir deste KPI que o empreendedor tem noção de todos os custos da empresa para tomar ações que reduzam gastos desnecessários.

Para calcular este KPI basta somar o gasto de todas as operações em determinado período.

Ticket médio

O ticket médio é o KPI que representa o valor médio de vendas por cliente. Se o valor do ticket médio aumenta é um ótimo sinal,pois significa que os clientes estão gastando mais em cada compra efetuada. É um poderoso KPI para planejamento de vendas de uma empresa,  por exemplo.

Para calcular é simples: 

Ticket Médio = Volume total de vendas/ número de vendas realizadas

Ebitda

O EBITDA (Earnings Before Interests, Taxes, Depreciation and Amortization), que em tradução livre significa Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização, é um KPI que apresenta o potencial de geração do caixa operacional da empresa

Com este indicador, o empreendedor consegue avaliar o quanto de recurso sua empresa produziu com suas atividades operacionais. 

Para calcular o EBITDA, basta aplicar a seguinte fórmula:

EBITDA= Lucro operacional líquido + depreciação + amortização

Índice de endividamento

O índice de endividamento indica o nível de dívida de uma empresa em relação a bancos, fornecedores, parceiros, etc.  

É um KPI fundamental a ser acompanhado pelo gestor, pois o pagamento de dívidas e juros podem consumir um recurso maior do que o lucro obtido. E isto pode gerar muitos problemas em curto e médio prazo. 

Veja como calcular: 

Endividamento= Total de passivos / total de ativos.

Margem líquida

A margem líquida é calculada sobre a receita total da empresa. Em suma, traz resposta ao seguinte questionamento: o quanto de lucro minha empresa gera para cada real gasto? Por exemplo, se a sua margem líquida é de 15%, significa que a cada R $100 gastos, R$15 são lucro para a empresa. 

Para calcular a margem líquida, basta aplicar a seguinte fórmula.

Margem líquida= Lucro líquido após os impostos / Receita Total x 100 = Margem líquida (%)

Margem operacional

A margem operacional auxilia o empreendedor a entender o quanto suas atividades principais da empresa se transformam em lucros, após abatidos os custos. 

Seu cálculo pode ser feito da seguinte forma:

Margem Operacional = Lucro Operacional / Receita Líquida

Conclusão

KPIs para ter sucesso

Os KPIs são indicadores cruciais para o seu objetivo de negócio e jamais devem ser ignorados. É por meio destes KPIs que você consegue verificar o sucesso que sua empresa está obtendo nas estratégias e otimizações de processo para pensar em novas ações e melhorias.

Lembre-se que KPIs não são métricas. Os KPIs trazem informações relevantes para o seu negócio e para a sua tomada de decisão, enquanto a métrica é apenas uma medida quantificável que dá suporte aos KPIs principais.
Aqui na AVA contamos com uma equipe especializada em cuidar da gestão financeira do seu negócio, realizando um acompanhamento detalhado dos principais indicadores que levarão a sua empresa a um novo patamar. Entre em contato com o nosso time!

Gestão Financeira Premium

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.

Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.

Gestão Financeira Completa

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.

Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.

Gestão Financeira Básica

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.


    Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.

    Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.


    SimNão

    Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
    Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.
    Precisa de ajuda? Fale conosco pelo WhatsApp