AVA BPO Financeiro - Terceirização financeira

Por que misturar contas PF e PJ pode ser um risco para o seu negócio?

Você já misturou contas PF e PJ? Se ainda enxerga essa prática de mesclar contas pessoais com empresariais como algo comum e sem preocupação, deixamos um alerta: isso pode te gerar, além de prejuízos, problemas que podem ser irreversíveis para o futuro da sua empresa.

Mas como a mistura de conta pessoa física e jurídica pode prejudicar seu negócio?

No post de hoje saiba qual o impacto de misturar contas de pessoa física e jurídica e o que fazer para melhor administrar as finanças pessoais e empresariais.

Por que gestores misturam contas de pessoa física e jurídica?

contas PF e PJ

Muitos empreendedores ainda caem no erro de misturar contas físicas e jurídicas pela falta de tempo para manter uma rotina financeira organizada. Ou simplesmente achar que não tem problema mesclar os gastos, já que o dinheiro que vem da empresa é o que sustenta o empreendedor. 

A falta de um especialista em gestão financeira no dia a dia do empresário também contribui para este problema, já que nem sempre o empreendedor tem o conhecimento necessário para organizar as finanças da forma correta.

Lembre-se: para colher bons frutos do seu negócio, é imprescindível uma boa gestão financeira. E não é misturando conta pessoal com conta empresarial que você obterá estes resultados.

Qual o impacto de misturar contas PF e PJ?

impacto contas PF e PJ

Misturar as contas PF e PJ não refletem apenas na saúde financeira da empresa em médio e longo prazo, mas também na sua organização financeira enquanto pessoa física. Entre os principais impactos estão:

Prejudica a elaboração dos demonstrativos contábeis da empresa

Todos os dados relacionados à sua empresa devem estar corretos para que a equipe responsável pela contabilidade possa lhe apresentar relatórios de resultados que refletem a real situação do negócio. 

A falta de dados claros ocasionam brechas que podem resultar inclusive em problemas com o Fisco.

Ocasiona problemas com o IR pessoa física

A mistura de contas também prejudica o gestor durante a declaração de Imposto de Renda da Pessoa Física, já que o Fisco pode entender que a empresa está realizando um pagamento sem motivo para a pessoa física ou até mesmo que a empresa deixou de pagar algum imposto sobre recursos que foram pagos para a pessoa física.

Perda de controle financeiro

Como saber se a sua empresa realmente é lucrativa se você inclui no fluxo de caixa as saídas referentes às despesas administrativas como também os gastos pessoais com viagens, condomínio, escola das crianças, gasolina do final de semana e afins? 

Você não só perde o controle financeiro da sua empresa como também possui uma visão míope sobre o andamento do negócio. E tomando decisões baseadas em dados incorretos, a probabilidade de cometer erros que podem ser irreversíveis é bem grande. Sem contar que nunca haverá planejamento de ambos os lados.

Como administrar as contas de PF e PJ?

contas PF e PJ

Se administrar contas de pessoa física e jurídica tem sido um desafio para você, separamos algumas práticas que podem lhe ajudar com a sua gestão financeira.

Contas bancárias separadas

O primeiro passo para que você consiga realizar o controle financeiro da sua empresa é ter as contas correntes pessoa física e jurídica separadas. Assim você consegue entender o quanto de lucro está sendo gerado pela sua empresa, proporcionando mais segurança para tomar decisões e sem o risco de acumular dívidas em médio e longo prazo.

Evite tapar buracos

Tem alguma dívida da sua empresa que precisa liquidar e não tem dinheiro? Pense em alguma estratégia para resolver a situação, mas evite tapar buracos com recursos da sua conta pessoal.

Pode até dar certo no começo ou pensar que isso ocorra como um ato isolado, mas é muito fácil que essa ação inofensiva se transforme em um hábito. E mais fácil ainda é perder o controle financeiro tanto da empresa quanto das suas contas pessoais, o que leva o gestor a ter dois problemas para resolver: a falta de dinheiro para a empresa e a falta de dinheiro para suas próprias despesas.

Defina o pró-labore dos sócios

O pró-labore é o salário dos sócios e deve ser definido a partir de um valor que a empresa também consiga arcar, afinal, determinar uma quantia exorbitante no início de um negócio, por exemplo, pode comprometer outros investimentos e ações da empresa.  

Uma dica para dimensionar o pró-labore é olhar para o mercado e verificar o valor pago para posições similares em outras empresas do mesmo segmento.

Modifique a titularidade dos gastos empresariais

Todas as despesas administrativas da sua empresa, sejam elas conta de água, luz, telefone e afins devem conter a titularidade do nome da empresa. Assim, quando for realizar pagamentos de despesas administrativas é muito mais fácil ter o controle sobre o valor que está sendo gasto em cada situação

O mesmo vale para cartões de crédito. Adquira um cartão PJ apenas para as compras de material ou serviço da empresa, permitindo um maior controle e rastreabilidade de todas as despesas da empresa.

Conclusão

conclusão

Misturar contas de pessoa física e jurídica é um erro que infelizmente ocorre com maior frequência do que deveria, mas deve ser evitado a todo custo. Isso porque além de afetar totalmente o planejamento financeiro, prejudica a veracidade dos demonstrativos contábeis da empresa e pode ocasionar inclusive problemas com Imposto de Renda do proprietário, enquanto pessoa física. 

Ter contas bancárias separadas, definir o pró-labore dos sócios e modificar a titularidade das contas empresariais são apenas algumas das dicas que podem auxiliar o gestor a ter o melhor controle financeiro das contas pessoais e empresariais.

Fazer uma correta gestão financeira pode ser desafiador para o gestor que tem tantas atribuições principalmente no que se refere às ações estratégicas da empresa. Por isso, conte com uma equipe especializada que apresente as melhores soluções operacionais e também traga insights para promover o seu negócio. Entre em contato com o time da AVA BPO Financeiro.

Gestão Financeira Premium

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.

Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.

Gestão Financeira Completa

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.

Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.

Gestão Financeira Básica

Você está a um passo de melhorar a sua gestão financeira! Preencha as informações abaixo e solicite um orçamento.


    Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.

    Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.


    SimNão

    Uma transação é considerada uma linha no extrato da sua conta bancária.
    Não considere contas de aplicação dentro da sua conta corrente.
    Precisa de ajuda? Fale conosco pelo WhatsApp